Talas, a banda que Billy Sheehan largou para se juntar a David Lee Roth
18/06/2020 22:52 em Música


 

Nem todos sabem, mas o baixista Billy Sheehan teve uma banda de relativo destaque antes de ficar famoso ao lado do vocalista David Lee Roth, com quem tocou na carreira solo dele, e com o Mr. Big. Trata-se do Talas, que foi formado no fim da década de 1970 e existiu até o momento do convite feito por Roth.

 

Inicialmente, o Talas consistia em um power trio que trazia Sheehan no baixo, Paul Varga na bateria e Dave Constantino na guitarra. Os três se revezavam nos vocais, com destaque maior a Varga e Constantino.

O grupo foi criado em Buffalo, nos Estados Unidos, e ficou bastante conhecido no circuito local. Além de músicas como 'See Saw', que tiveram alguma repercussão naquele segmento, o Talas gravou canções como 'Shy Boy' e 'Addicted to that Rush', regravadas no futuro por David Lee Roth e Mr. Big, respectivamente.

Em 1980, o Talas abriu uma sequência de 30 shows do Van Halen, o que poderia ser um grande chamariz para a banda. Mesmo assim, eles nunca estouraram, já que não conseguiram um contrato com uma grande gravadora. Isso não os impediu de lançar três álbuns: 'Talas' (1979), 'Sink Your Teeth Into That' (1982) e 'Live Speed on Ice' (1983), sendo que o último, ao vivo, apresentava uma formação com Phil Naro nos vocais, Mitch Perry na guitarra e Mark Miller na bateria.

 

 

 

Nos dois primeiros discos, gravados como trio, o Talas fazia um som que transitava entre o hard rock e o heavy metal do início dos anos 80. O virtuosismo de Billy Sheehan no baixo estava sempre em destaque no som, mas os vocais bem colocados também chamavam atenção.

Já em 'Live Speed on Ice', dava para ver a inclinação da banda ao hair metal que começava a fazer sucesso naquele período. As músicas ficaram um pouco mais simples e diretas, ainda que não tenha abandonado tanto a fórmula inicial.

Ainda houve uma sobrevida com o Talas após o terceiro álbum, onde Naro e Sheehan reuniram o baterista Jimmy DeGrasso, o guitarrista Al Pitrelli e o baixista Bruno Ravel em uma nova formação. Não durou muito, mas DeGrasso se consagrou futuramente tocando com Y&T, White Lion e Megadeth, entre outros, enquanto Pitrelli (que também tocaria no Megadeth já nos anos 2000) e Ravel formaram o Danger Danger pouco tempo depois.

O fim do Talas, segundo Billy Sheehan

 

Billy Sheehan contou, em recente entrevista ao canal Music Mania transcrita pelo Ultimate Guitar, que costumava brincar que só sairia do Talas, sua própria banda, para se juntar ao Van Halen. Há quem diga que o convite tenha acontecido por três vezes - inclusive, Sheehan contou essa história no canal The Metal Voice, mas voltou atrás depois da repercussão.

Fato é que o baixista realmente foi chamado para integrar a banda solo do vocalista David Lee Roth, que acabava de sair do Van Halen. Como o Talas nunca despontou, Billy topou o convite para entrar naquilo que seria o mais próximo do Van Halen que poderia aparecer no momento. Na época, Roth montou um grupo que também trazia um jovem Steve Vai na guitarra e Greg Bissonette na bateria.

"Talas era minha banda e estávamos com a Gold Mountain Records, abrimos a primeira turnê de Yngwie Malmsteen. Estava indo bem, as casas de shows lotadas e estávamos tocando muito bem. Eu estava em ótima forma. Então, me convidaram para entrar na banda de Dave. Eu falava: 'nunca vou sair da minha banda a menos que o Van Halen me convite'. Quando Dave me chamou, eu falei: 'ok, chegou perto o bastante, então eu vou'", relembrou Billy Sheehan.

O baixista comentou que a banda de David Lee Roth se entrosou muito bem. Todos estavam em ótima forma em termos musicais, o que se refletiu nos álbuns 'Eat 'Em And Smile' (1986) e 'Skyscraper' (1988).

Citando diferenças musicais, Billy Sheehan deixou a banda de David Lee Roth antes mesmo da turnê de divulgação de 'Skyscraper'. Naquele ano, ele formou o Mr. Big com a ajuda do produtor Mike Varney, da gravadora Shrapnel Records. Convocou o vocalista Eric Martin, o baterista Pat Torpey e o guitarrista Paul Gilbert. O resto é história.

Apesar de ter feito bem mais sucesso com outras bandas, Billy Sheehan tem um carinho especial pelo Talas. Não à toa, já promoveu reuniões esporádicas com a banda e chegou a assinar contrato com a Metal Blade Records para lançar um novo disco neste ano, com Phil Naro nos vocais e Mark Miller na guitarra. Resta saber se esse álbum realmente vai sair.

 

 

 

 

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!